Associação Universitária de Pesquisa em Psicopatologia Fundamental

São Paulo, 27 de abril de 2017

Bibliografias > Melancolia/Mania

Bibliografia preparada pelo dr. Manoel Berlinck. 

 

 

Abraham, Karl. “Notas sobre as investigações e o tratamento psicoanalítico da psicose maníaco-depressiva e estados afins”, in Teoria psicanalítica da libido. Sobre o caráter e o desenvolvimento da libido. Trad. de Christiano Monteiro Oiticica, rev. de Elisa Dias Velloso. Rio: Imago, 1970, p. 32-50.

 

Abraham, Karl. “Um breve estúdio de la evolución de la libido, considerada a la luz de los transtornos mentales” in Psicoanálisis clínico. Buenos Aires: Hormé, 1980, p. 319381.

 

Abraham, Nicholas e Maria Totok. A casca e o núcleo. Trad. de Maria José R. Faria Coracini. São Paulo: Escuta, 1995.

 

Allouch, J.. Erótica do luto. Rio: Companhia de Freud, 2004.

 

Amaral, Ana Maria. “A melancolia: uma leitura”, in Silvia L. Alonso (org.), Freud: um ciclo de leituras. São Paulo: Escuta, 1997, p. 167179.

 

Ambertin, Marta Gerez. As vozes do supereu – na clínica psicanalítica e no malestar na civilização. São Paulo: Cultura, 2003.

 

ARALDI, Etiane. “A melancolia e A Náusea, de Jean-Paul Sartre” , in Latin-American Journal of Fundamental Psychopathology, Vol.VII(4); N.1;Mai. 2007. p.96-110.

 

Aristóteles. O homem de gênio e a melancolia. O problema XXX, 1. Trad. do grego, apresentação e notas de Jackie Pigeaud. Trad. de Alexei Bueno. Rio: Nova Aguilar, 1998.

 

Associação Psiquiátrica Americana. Manual diagnóstico e estatístico de transtornos mentais – DSM IV. Porto Alegre: Artes Médicas, 1997.

 

Athanassiou, Cléopâtre. La défense maniaque. Paris: Presses Universitaires de France, 1996.

 

BERLINCK, Manoel T.; GROMANN Regina Maria G.; HENCKEL, Marciela; TURNA, José Waldemar T. “A vida no paraíso, a vida no inferno: a viagem longitudinal da melancolia” , in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental,  Vol.X; N.3; Set.2007. p.395-409.

 

BERLINCK, Manoel Tosta & MAGTAZ, Ana Cecília. “Orality Disorders in Melancholia: Acedia as Stagnation” , in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental, Vol.XV; N.3; Set.2012 (Suplemento). p.683-703.

 

BERLINCK, Manoel Tosta & MOREIRA, Ana Cleide Guedes. “Mania de saber: ironia e melancolia em O alienista, de machado de Assis” , in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental,  Vol. VI; N.2; Jun.2003. p.99-113.

 

Berlinck, Manoel Tosta (org.). Dor. São Paulo: Escuta, 1999.

 

Berlinck, Manoel Tosta e Pierre Fédida. “A clínica da depressão: questões atuais”, in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental, vol. III, no. 2, junho de 2000, p.925.

 

Berlinck, Manoel Tosta. “A dor”, in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental, vol. II, no. 3, setembro de 1999, p. 4658.

 

Berlinck, Manoel Tosta. “A mania de saber”, in Urânia Tourinho Peres (org.). Melancolia. São Paulo: Escuta, 1996.

 

BERLINCK, Manoel Tosta. “As bases do amor materno, fundamento da melancolia” , in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental, Vol. XVII;N.3; Set.2014. p.403-406.

 

Berlinck, Manoel Tosta. “Catástrofe e representação. Notas para uma teoria geral da Psicopatologia Fundamental”, in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental, vol. II, no. 1, março de 1999, p. 934.

 

Berlinck, Manoel Tosta. “Droga da obediência, concentração de renda e melancolia”. In Pulsional Revista de Psicanálise, ano XIX, no. 185, março de 2006, no prelo.

 

Berlinck, Manoel Tosta. “Ipanema e a clínica psicanalítica”. In Pulsional Revista de Psicanálise, ano XV, no. 154, fevereiro de 2002, p. 36.

 

Berlinck, Manoel Tosta. “Mania de festas”. In Pulsional Revista de Psicanálise, ano XVI, no. 169, maio de 2003, p. 38.

 

Berlinck, Manoel Tosta. “Paisagem e existência”, in Psicologia Clínica, vol. 17, no. 1, 2005, p. 177190.

 

Berlinck, Manoel Tosta. Psicopatologia fundamental. São Paulo: Escuta, 2000.

 

BERRIOS, Greman E. “Melancolia e depressão durante o século XIX: uma história conceitual” , in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental,  Vol. XV; N.3; Set.2012. p.590-608.

 

Bertolote, José Manoel (org.). Glossário de termos de psiquiatria e saúde mental da CID10 e seus derivados. Porto Alegre: Artmed, 1997.

 

BESSET, Vera Lopes & FERREIRA, Maria de Fátima. “Contribuições da psiquiatria clássica ao diagnóstico da melancolia: o delírio de negação e o delírio de indignidade” , in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental,  Vol. XI; N.3;Set.2008. p.405-419.

 

Binswanger, Ludwig. “O sonho e a existência”. Natureza Humana. Revista Internacional de Filosofia e Práticas Psicoterápicas. Vol. 4, no. 2, jul/dez 2002: 417452.

 

Binswanger, Ludwig. “The case of Ellen West. An AnthropologicalClinical Study”, in Existential Analysis.

 

Binswanger, Ludwig. Artículos y conferencias escogidas. Madrid: Gredos, 1973.

 

Binswanger, Ludwig. Mélancolie et manie. Trad. de JeanMarie Azorin et Ives Tatoyan revue par Arthur Tatossian. Paris: Presses Universitaires de France, 1987.

 

Bucher, R. Depressão e melancolia. Estrutura e classificação dos estados depressivos. Rio: Jorge Zahar, 1979.

 

Burton, Robert. The Anatomy of Melancholy. London: Penguin, 1997.

 

Cancina, P. H.. A fadiga crônica – Neurastenia – as doenças do século. Rio: Companhia de Freud, 2004.

 

CARNEIRO, Henrique Figueiredo (Editorial). “A incurabilidade da dor de amor como via do trabalho subjetivo” , in Latin-American Journal of Fundamental Psychopathology, Vol.6;N.2;Nov.2009. p.1-2.

 

CARNEIRO, Henrique Figueiredo; FIGUEIREDO, Andréa Frota Sampaio; PEREIRA, Wládia Guimarães. “Recorte de melancolização e luto em um caso de histeria clássica a partir da re-significação de episódios de pseudo-epilepsia”, in Latin-American Journal of Fundamental Psychopathology , Vol.VI(3);N.2.  p.16-29.

 

CARNEIRO, Therezinha F. ; NAVES, José Otávio V. “Quelques considérations sur la mélancolie » , in Latin-American Journal of Fundamental Psychopathology, Vol.6; N.2; Nov.2009. p.3-18.

 

Carol, Lewis. Alice no país das maravilhas.

 

CARVALHO, Paulo José de. “Um sonho frio e seco: considerações sobre a melancolia” , in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental,  Vol.XI;N.2; Jun.2008. p.286-297.

 

CINTRA, Elisa Maria de Ulhôa. “Hamlet e a melancolia” , in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental,  Vol. IV; N.4; Dez.2001. p.30-42.

 

Cintra, Elisa Ulhoa. “Em parte alguma o mundo existirá”, in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental, vol. II, no. 2, junho de 1999.

 

Cintra, Elisa Ulhoa. “Hamlet e a melancolia”, in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental, vol. IV, no. 4, dezembro de 2001, p. 3042.

 

Cotard, Jules. “Do delírio das negações – 1882”, in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental, vol. I, no. 4, dezembro de 1998, p. 156177.

 

COTARD, Jules. “Do delírio do hipocondríaco em uma forma grave da melancolia ansiosa-1880” , in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental,  Vol.I; N.4; Dez.1998. p.151-155.

 

Coura, Rubens. “O estupor melancólico e o estupor maníaco”, in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental, vol. III, no. 4, dezembro de 2000, p. 31-47.

 

COURA, Rubens. “Quando os psicofármacos fazem confundir melancolia e depressão”, in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental,  Vol I; N. 2; Jun.2008. p. 9-22.

 

CREMASCO, Maria Virgínia F.; LESOURD, Serge; PIMENTA, Shana Nakoneczny, in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental, Vol. XIV; N.2; Jun.2011. p.252-267.

 

CUNHA, Flávoa Coutinho Campos Cunha & VORCARO, Ângla Maria Resende. “Anorexia: ‘uma neurose paralela à melancolia” , in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental, Vol. XVI; N.2; Jun.2013. p.232-245.

 

Delouya, Daniel. “A depressão na economia dos processos de diferenciação e integração psíquica”, in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental, vol. IV, no. 1, marçode 2001, p. 5175.

 

Delouya, Daniel. Depressão. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2000.

 

DENIS, Adrián Lopez. “Nostalgia e escravidão na era das revoluções” , in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental,  Vol. XI;N.4;Dez. 2008 (Suplemento‘A saúde dos escravos: ensaios de história da medicina’). p.779-790.

 

DOMINGO, Francisco Barrera. “Reflexioneshistoricofisiconaturales medico quirurgicas” , in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental,  Vol. XI;N.4;Dez. 2008 (Suplemento‘A saúde dos escravos: ensaios de história da medicina’). p.791-804.

 

Douville, Olivier. “Uma melancolização do laço social?”, in Agora, vol. VII, no. 2, julho/dezembro de 2004, p. 179202

 

DUARTE, Dom. “Da maneira que fui doente do humor menencorico e d’el guareci” , in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental,  Vol.X;N.4; Dez.2007. p.696-706.

 

ESQUIROL, Étienne. “Da lipemania ou melancolia (1820)” , in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental,  Vol. VI; N.2; Jun.2003. p.158-166.

 

Esquirol, Étienne. “Da lipemania ou melancolia”, in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental, vol. VI, no. 2, junho de 2003, p. 158166.

 

FALRET, Jean-Pierre. “Da loucura circular, ou forma de doença mental caracterizada pela alternância regular da mania e da melancolia” , in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental,  Vol. V; N.4; Dez.2002. p.130-141.

 

Fédida, Pierre. “O canibal melancólico” in Depressão. Trad. de Marta Gambini. São Paulo: Escuta, 1999, p. .6170.

 

Fédida, Pierre. Os benefícios da depressão. Elogio da psicoterapia. Trad. de Marta Gambini. São Paulo: Escuta, 2002.

 

FERRARI, Ilka Franco. “Melancolia: de Freud a Lacan, a dor de existir”, in Latin-American Journal of Fundamental Psychopathology,  Vol. VI(3); N.1; Mai.2006. p.105-115.

 

Ferreira, Ademir Pacelli e Mara Viana de Castro. “Melancolia: da diversidade fenomênica à diferenciação estrutural”, in Psicologia Clínica, vol. 14, no. 2, 2002, p. 105122.

 

FLANZER, Sandra Niskier. “Quandofalta esquecer. Observações sobre o tempo na melancolia”, in Latin-American Journal of Fundamental Psychopathology, Vol. 5;N.2;Nov.2008. Vol. 5;N.2;Nov.2008.

 

Freud, S.. “Luto e melancolia”. ESB vol. XIV. Rio: Imago, 1969.

 

Freud, Sigmund. “Rascunho G. Melancolia”, in A correspondência completa de Sigmund Freud para Wilhelm Fliess, 1887-1904. Jeffrey M. Masson (org.). Trad. de Vera Ribeiro. Rio: Imago, 1986, p. 98106.

 

Freud, Sigmund. Neuroses de transferência: uma síntese. Trad. de Abram Eksterman. Rio: Imago, 1987.

 

FROMANN, Regina Maria G. "About ruins and re(constructions): the subjectivity of the loss” , in Latin-American Journal of Fundamental Psychopathology, Vol. 7; N.2;  Nov.2010. p.102-108.

 

GONZAGA, Ana Paula. “Anorexia: a Failure in the Work of Melancholia” , in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental,  Vol.XV; N.3; Set.2012 (Suplemento). p.649-656.

 

Green, André. “A mãe morta”, in Narcisismo de vida e narcisismo de morte. Trad. de Claudia Berliner. São Paulo: Escuta, 1988, p. 247-282.

 

Griesinger, Wilhelm. Patologia y terapêutica de las enfermedades mentales. Buenos Aires: Polemos, 1997. vol. II.

 

GROMANN, Regina Maria Guisard. “A política do erotismo na maturidade feminina: um estudo sobre as relações entre os estados hipocondríacos e melancólicos” , in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental,  Vol.X;N.2; Jun.2007. p.203-218.

 

Hassoun, Jacques. A crueldade melancólica. Trad. de Renato Aguiar. Rio: Civilização Brasileira, 2002.

 

HUMPHREYS, Derek. “Figuras de la depresión y figurabilidad melancólica. Precisiones fenomenológicas y psicopatológicas respecto de la melancolía y la depresión” , in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental, Vol. XVI; N.3; Set.2013. p.398-410.

 

Jouvent, Roland. “Clínica da tristeza”, in Pierre Fédida (org.). Comunicação e representação. Trad. de Claudia Berliner. São Paulo: Escuta, 1989, p. 125144.

 

Juranville, Anne. La mujer y la melancolia. Buenos Aires: Nueva Visión, s/d.

 

KIRSCHBAUM, Roberto. “Anatomia da melancolia- A primeira partição- Causas da melancolia” , in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental,  Vol. XVI; N.1;Mar.2013. p.154-156.

 

KIRSCHBAUM, Roberto. “A anatomia da melancolia- A segunda partição- A cura da melancolia” , in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental,  Vol. XVI; N.2; Jun.2013. p.335-338.

 

Klibansky, Raymond, Erwin Panowsky e Fritz Saxl. Saturne et la mélancolie. Paris: Gallimard, 1989.

 

Kristeva, Julia. Sol negro: depressão e melancolia. Rio: Rocco, 1989.

 

Lambotte, MarieClaude. Estética da melancolia. Rio: Companhia de Freud, 2000.

 

Lambotte, MarieClaude. O discurso melancólico. Trad. de Sandra Regina Filgueiras. Rio: Companhia de Freud, 1997.

 

LAURENS, André Du. “História de alguns melancólicos que tiveram estranhas imaginações” , in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental,  Vol.XI;N.2; Jun.2008. p.298-300.

 

LEITE, Adriana de Cerqueira. “Em busca do sofrimento histérico: a dimensão melancólica da histeria” , in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental,  Vol. II; N.1; Mar.1999. p.71-89.

 

LIMA, Monica Assunção Costa. “Anorexia e Melancolia” , in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental,  Vol. XV; N.2; Jun.2012. p.251-264.

 

MAGTAZ, Ana Cecília. Resumos – “Distúrbio da oralidade na melancolia” , in Latin-American Journal of Fundamental Psychopathology, Vol.5;N.1;Mai.2008. p.134-136.

 

MARTINS, Francisco. “Melancolia e depressão com especial atenção para a obra São Bernardo, de Graciliano Ramos” , in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental,  Vol.V; N.3; Set.2002. p.69-82.

 

McDougall, Joyce. As múltiplas faces de Eros. Uma exploração psicanalítica da sexualidade humana. São Paulo: Martins Fontes, 1997.

 

McDougall, Joyce. Em defesa de uma certa anormalidade. Teoria e clínica psicanalítica. Porto Alegre: Artes Médicas, 1983.

 

McDougall, Joyce. Teatros do corpo. O psicossoma em psicanálise. São Paulo: Martins Fontes, 1991.

 

MENDES, Luis Antonio de Oliveira. “Memória a respeito dos escravos e tráfico da escravatura entre a costa d'África e o Brasil (1812)” , in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental,  Vol.X;N.2; Jun.2007. p.362-376.

 

Moreira, Ana Cleide Guedes e Manoel Tosta Berlinck. “Ironia e melancolia em O alienista, de Machado de Assis”, in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental, vol. VI, no. 2, junho de 2003, p. 99113.

 

MOREIRA, Ana Cleide Guedes. “A melancolia na obra de Freud: um Narciso sem [des]culpa”, in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental,  Vol. IV; N.4; Dez.2001. p.92-102.

 

Moreira, Ana Cleide Guedes. “Melancolia e AIDS: da urgência de escuta do sintoma”, in Boletim de Novidades da Livraria Pulsional, ano X, no. 93, janeiro de 1997, p. 2336.

 

Moreira, Ana Cleide Guedes. A concepção da melancolia em Freud e Stein: uma interpretação sobre Eva, personagem de Sonata de Outono de Bergman. Dissertação de Mestrado, PUCSP, mimeo, 1992.

 

Moreira, Ana Cleide Guedes. Clínica da melancolia. São Paulo: Escuta, 2002.

 

Moreira, Jacqueline de Oliveira. “Luto e melancolia: uma leitura sobre o problema da alteridade”, in Pulsional Revista de Psicanálise, vol. XVII, no. 179, setembro de 2004, p. 3342.

 

MOURA, Fernanda Costa & TENÓRIO, Fernando. “Melancolia como presença real do objeto- uma abordagem lacaniana” , in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental,  Vol. XVII;N.3; Set.2014. p.469-484.

 

ODA, Ana Maria Galdini R. “Da enfermidade chamada banzo: excertos de Sigaud e de von Martius (1844)” , in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental,  Vol. XI;N.4;Dez. 2008 (Suplemento‘A saúde dos escravos: ensaios de história da medicina’). p.762-778.

 

ODA, Ana Maria Galdini R. “Escravidão e nostalgia no Brasil: o banzo” , in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental,  Vol. XI;N.4;Dez. 2008 (Suplemento‘A saúde dos escravos: ensaios de história da medicina’). p.735-761.

 

ODA, Ana Maria Galdini Raimundo. “O banzo e outros males: o páthos dos negros escravos na Memória de Oliveira Mendes” , in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental,  Vol.X;N.2; Jun.2007. p.346-361.

 

Péllion, Fréderic. Melancolia y verdad. Buenos Aires: Manantial, 2003.

 

Pereira, Mário Eduardo Costa. “A ‘loucura circular’ de Falret e as origens do conceito de ‘Psicose maníacodepressiva’”, in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental, vol. V, no. 4, dezembro de 2002, p. 125-129.

 

PEREIRA, Mario Eduardo Costa. “De uma hereditariedade não-fatalista: o “endógeno” e o Typusmelancolicus, segundo Tellenbach” , in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental,  Vol. II;N.4; Dez.1999. p.159-163.

 

Peres, Urânia Tourinho (org.), Culpa. São Paulo: Escuta, 2001.

 

Peres, Urânia Tourinho (org.). Melancolia. São Paulo: Escuta 1996.

 

Pessotti, I.. A loucura e as suas épocas. São Paulo: 34, 2001.

 

Pessotti, I.. O século dos manicômios. São Paulo: 34, 2001.

 

Pinheiro, Teresa. “A questão do superego na melancolia”, in Boletim de Novidades da Livraria Pulsional, ano XI, no. 108, abril de 1998, p. 2735.

 

Pinheiro, Teresa. “Depressão na contemporaneidade”. Pulsional Revista de Psicanálise, ano XVIII, no. 182, junho de 2005, p. 101109.

 

Pinheiro, Teresa. “Traum e melancolia”, in Percurso, Percurso, 10, 1993, p. 5055.

 

PORTELA, Maria Cristina Zandoná. “Um não cedo demais. Investigações teóricas a respeito da psicossomática e da melancolia de um caso clínico”, in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental,  Vol I; N.2; Jun.2008. p.85-106.

 

Portella, Maria Cristina Zandoná. “Investigações teóricas a respeito da psicossomática e da melancolia a partir de um caso clínico”, in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental, vol. I, no. 2, junho de 1998, p. 85107.

 

Quinet, Antonio (org.), Extravios do desejo: depressão e melancolia. Rio: Marca d’água, 1999.

 

Rovaletti, M.L. “Del ensimismamiento a la melancolia. La perspectiva antropológica de Ortega y Gasset”. In Revista de NeuroPsiquiatria (Peru), vol. 66, marzo 2003, no. 1, 6372.

 

Rovaletti, M.L.. “Fenomenologia de la consciencia de culpabilidad”. In Revista de Psiquiatria Clínica (Chile), vol. Xxviii, no. 1, p. 3343, 1991.

 

Rovaletti, M.L.. “Fenomenologia, culpa y depresión”. In M.L. Rovaletti (org.), Psicología y psiquiatria fenomenológica. Buenos Aires: Cátedra de Psicologia Fenomenológica y Existencial de la Universidad de Buenos Aires, 1994, p. 169188.

 

Rovaletti, M.L.. “La festividad maníaca como patologia de la temporalidad”. In M.L. Rovaletti (org.). Temporalidad: La problemática del tiempo en el pensamiento actual. Buenos Aires: Lugar Editorial, 1999, p.93103.

 

Sacks, Oliver. Tempo de despertar. Trad. de Laura Teixeira da Motta. São Paulo: Companhia das Letras, 1997.

 

SALVADOR, Fabiano Massarro. “A melancolia do Doutor Glas” , in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental,  Vol. XV; N.4; Dez.2012. p.929-934.

 

Scazufca, Ana Cecília e Manoel Tosta Berlinck. “Sobre o tratamento psicoterapêutico da anorexia e da bulimia”, in Psicologia Clínica, vol. 14, no. 1, 2002, p. 115130.

 

SCHMIDT, Eder. “Melancolia, depressão e suas narrativas” , in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental,  Vol. XVI, N.1; Mar.2013. p.89-99.

 

Séglas, Jules. “Dexième leçon – de la mélancolie sans delire” et “Onzième leçon – de la mélancolie avec delire”, in Bulletin medical, 1894.

 

SILVA, Paulo José Carvalho da. "Do príncipe triste ao rei médico de almas", in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental,  Vol.X;N.4; Dez.2007. p.696-706.

 

SILVA, Paulo José Carvalho da. “A insubmissão contra o gozo do pathos ou como desarmar a resistência do melancólico” , in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental,  Vol. XIII; N.1; Mar.2010. p.116-127.

 

SILVA, Paulo José Carvalho da. “Embriaguez e males da alma: entre a mania e a melancolia” , in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental,  Vol. XVI; N.1; Mar.2013. p.116-125.

 

Silva, Paulo José Carvalho da. A tristeza na cultura lusobrasileira: os Sermões do padre Antonio Vieira. São Paulo: EDUC/FAPESP, 2000.

 

Stein, Conrad. As erínias de uma mãe. Ensaio sobre o ódio. São Paulo: Escuta, 1988.

 

Styron, William. Perto das trevas. Rio: Rocco, 1991.

 

Tatossian, Arthur. A fenomenologia das psicoses. Trad. de José Célio Freire. Ver. téc. de Virginia Moreira. São Paulo: Escuta, no prelo.

 

Tellenbach, Hubert. “A endogeneidade como origem da melancolia e do tipo melancólico”, in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental, vol. II, no. 4, dezembro de 1999, p. 164-175.

 

Tellenbach, Hubert. Estúdios sobre la patogénesis de las perturbaciones psíquicas. México: Fondo de Cultura Econômica, 1969.

 

TURNA, José Waldemar Thiesen. “Clínica da melancolia” , in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental,  Vol. V;N.4;Dez.2002. p.164-169.

 

TURNA, José Waldemar. “Palavras em torno do corpo – sobre a clínica do alcoolismo” (Resumo), in Latin-American Journal of Fundamental Psychopathology, Vol.5;N.2;Nov.2008. p.298-299.

 

Verztman, Julio, Teresa Pinheiro e Fernanda Montes. “Doença somática e subjetividade: as marcas no corpo de Aurora”, in Pulsional Revista de Psicanálise, ano XVIII, no. 179, setembro de 2004, p. 5465.

 

Verztman, Julio. Tristeza e depressão – pensando nos problemas da vida. Petrópolis: Vozes, 1995.

 

VETTIMO, Delphine Scotto V. ; VIVES, Jean-Michel. “Fragments, construcions et destins de la honte dans la mélancolie » , in Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental, 

 

Vieira, Padre Antonio. “Sermão da Quarta Dominga depois da Pschoa”. In Sermões. Vol. V. Porto: Lello e Irmãos, 1951. p. 201333.

 

Violante, Maria Lúcia. “Acerca da psicogênese da melancolia: uma hipótese”, in Boletim de Novidades da Livraria Pulsional, ano IX, no. 91, novembro de 1996, p. 4348.

 

Violante, Maria Lúcia. A criança malamada. Estudo sobre a potencialidade melancólica. Petrópolis: Vozes, 1994.

 

World Health Organization. Classificação de transtornos mentais e de comportamento da CID10. Casos clínicos de adultos. As várias faces dos transtornos mentais. Porto Alegre: Artes Médicas, 1998.

 

World Health Organization. Classificação dos transtornos mentais e de comportamento da CID10. Critérios diagnósticos para pesquisa. Porto Alegre: Artes Médicas, 1998.

 

Zegers, Otto Dörr. “Fenomenologia de la corporalidad depresiva”, in Salud Mental, vol. 16, no. 3, septiembre de 1993, p. 22-30.